sexta-feira, 12 de julho de 2024

"Show Voice Day - O som do coração" dia 20/07 (sábado) no Cine Teatro Cuiabá

Está chegando o dia do *Show Voice Day- O som do coração*!

Isso mesmo ! Uma noite onde a emoção tomará conta dos ouvintes da arte. A música na expressão do canto será vivida nos diversos gêneros vocais em um teatro histórico  de Mato Grosso: O Cine Teatro.
Show Voice Day ( Dia do Show da Voz) é um espetáculo que reunirá cantores  do *Centro Vocal - IASMIN MEDEIROS*. Eles estão se  preparando para cantar o som dos  seus corações.  Do pop rock, sertanejo ao MPB e música estrangeira ,a expressão desse canto mostrará que é uma linguagem que faz brotar o nosso potencial interior.

O espetáculo contará com a presença de instrumentistas consagrados da nossa cultura musical cuiabana, Será um ambiente cheio de poesia e inspiração, com o objetivo do cultivo e o fomento da cultura e da arte em nossa tão querida cidade verde. Show Voice Day tem classificação livre, sendo aberto para toda comunidade cuiabana e matogrossense para   ouvir e prestigiar  a potência vocal que "vem do coração".
A Direção e produção é de Iasmin Medeiros, orientação vocal de Helber Silva e Iasmin Medeiros.
Iasmin Medeiros Diretora e produtora



Local : Cine Teatro 
Data: 20/07 -  19h 
Ingressos 


Ou 
                  👉(65)98115-7863

segunda-feira, 3 de junho de 2024

Coro Experimental MT convida para viagem ao reino dos sonhos, no dia 06/06 (quinta-feira), no Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros


CORO EXPERIMENTAL MT
Coro Experimental MT convida para viagem ao reino dos sonhos

“Sonho que se Canta Junto” será apresentado nesta quinta-feira (dia 6), em Cuiabá.

O Coro Experimental MT adora proporcionar ao público a possibilidade de viajar por novas paisagens, graças a uma combinação de arranjos vocais inusitados com elementos cênicos inspiradores. Na abertura da temporada 2024, o CEMT ousa um pouco mais convidando espectadores a visitar o reino dos sonhos com o espetáculo “Sonho que se Canta Junto”.

O roteiro escrito por Jefferson Neves - maestro e arranjador, que divide a direção artística do CEMT com Tuanny Godoi desde a criação do grupo em 2017 -, é um convite a um universo onde pessoas comuns contracenam com criaturas do reino dos sonhos: fadas, anjos, estrelas e também seres que atormentam o sono dos mortais. As cenas acontecem ao som de canções que falam de sonhos, lua, estrelas, como “Sonho Meu”, “Lua soberana” e “Noite Severina”, entre outras, tudo embalado em arranjos originais de Jefferson Neves.

No palco, coralistas de primeira viagem, que passaram a integrar o CEMT nesta temporada, estarão juntos com veteranos como Vera Capilé e Lorenzo Falcão, entre médicos, professores, psicólogos, jornalistas, enfermeiros e outros tantos profissionais que fazem parte do coral.  A idade dos cantores também é diversificada: vai de 13 a 75 anos!

SOPRANOS

TENORES

CONTRALTOS

BAIXOS

“Desde sua estreia há sete anos, o CEMT traz como característica a criatividade e a inovação, sem abrir mão da nossa paixão pelo canto coral”, afirma Jefferson Neves. Nos últimos anos o lado escritor do músico, que publicou o livro “Portão do Inferno” (Entrelinhas Editora, 2021), vem falando mais alto. “Nossa intenção não é apenas apresentar um espetáculo de canto coral! É fazer teatro, utilizando os elementos cênicos para potencializar a experiência da plateia”, acrescenta o maestro.

“Sonho que se Canta Junto” questiona o que é sonho e o que é realidade, e recorre à estética surrealista de Salvador Dali na criação de cenário e figurinos. O cenário do espetáculo foi concebido sob a coordenação da artista visual Rosylene Pinto (integrante do naipe dos sopranos) e os figurinos foram criados sob supervisão do fashionista e designer Luiz Pita (integrante do naipe dos baixos). Vítor Falcão, outro representante dos baixos, recém-formado pela MT Escola de Teatro, idealizou o projeto de iluminação.  Como de hábito, os próprios coralistas participam da confecção do cenário e a arte do material de divulgação foi desenvolvida por Nara Selva, que também integrou o CEMT.

Este é outro diferencial do CEMT: o grupo conta somente com o apoio institucional da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), que cede o salão do Palácio da Instrução para ensaios, e toda a produção é feita pelos próprios integrantes do coral, sob a direção de Jefferson Neves e Tuanny Godoi.

“O Coro Experimental MT é uma grande família, que ganha novos membros a cada temporada e sempre procura manter a sua essência. É isso que nos dá força para continuar”, comenta Tuanny, que tem filha (Madalena) e marido (Netogabiru) como integrantes do CEMT.

O espetáculo “Sonho que se Canta Junto” vai acontecer no Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros, nesta quinta-feira (6 de junho), às 20h. Os ingressos custam R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia solidária, + 1 kg de alimento não perecível).  Garanta seu(s) ingresso(s) acessando https://abrir.link/XRuwt

 

SERVIÇO:

O que: Espetáculo “Sonho que se Canta Junto” com o Coro Experimental MT

Quando: Dia 6 de junho (quinta-feira), às 20h

Onde: Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros

Quanto: Inteira – R$ 40,00 / Meia solidária – R$ 20,00 + 1 kg de alimento não perecível

Compra de Ingressos antecipados: https://abrir.link/XRuwt

 






quinta-feira, 11 de abril de 2024

Feira do Vinil será este sábado (13) e terá mais de 20 expositores

 

Foto divulgação

Feira do Vinil será este sábado (13) e terá mais de 20 expositores

 

A música fica por conta dos DJs Cleyton 7, Smile, Spinha, Fábio Draw e Sandro Lima; a entrada é gratuita ou solidária

 

A feira mais descolada de Cuiabá chega à sua 26ª edição e ocorre neste sábado (13), no local que já se tornou sua nova casa, o Frvin Pub (leia-se Fervin), ambiente intimista e aconchegante localizado no alto da Rua Cândido Mariano. A Feira do Vinil e Criatividades começa às 14h, segue até as 21h e é aberta ao público de todas as idades. A entrada é gratuita, mas o público é convidado a ser solidário, doando livros ou alimentos não perecíveis.

Nesta edição, a feirinha abre as portas para cerca de 20 expositores de discos de vinil e da economia criativa de Cuiabá, Rondonópolis, Jaciara, Chapada dos Guimarães, entre outras cidades. Haverá produtos de arte, de recirculação, terapêuticos, de decoração, de artesanato, além de moda, exoterismo, gastronomia e muito mais.

“Além de fomentar a cultura dos discos de vinil, a Feira do Vinil e Criatividades também fomenta e prestigia a Economia Criativa, que é muito forte e muito marcante no evento. Você encontra biojoias, cerâmica, velas aromáticas, cosméticos veganos, leitura de tarô, macramê... tem de tudo na feira! Esses empreendedores expressam toda a sua arte e se sentem muito à vontade na feira”, contextualiza Priscilla Leventi, organizadora da iniciativa, ao lado de Max Amorim, proprietários da Tchá Por Discos.

O passeio de sábado será embalado pelos melhores DJs de Cuiabá, discotecando a partir de vinis: terá DJ Cleyton 7 com o melhor da Disco Music; Dj Smile, com os ritmos brasileiros; DJ Spinha, ícone das pickups em Mato Grosso; Dj Fábio Draw comandando do soul ao funkmusic tradicional; e Dj Sandro Lima, com as pedradas do eletrônico.

As raridades em disco de vinil estarão a preços promocionais, a fim de agradar os colecionadores iniciantes ou experientes.

A 26ª Feira do Vinil e Criatividades está de portas abertas para quem tem discos e deseja vender, doar ou trocar. Para isso, basta entrar em contato com a organização do evento, pelo telefone (65) 9 9962-6760, e reservar o espaço.

Mais informações: pelo perfil @feiradovinilmt no Instagram ou pelo Whatsapp (65) 9 9962-6760.

 

Serviço

26ª Feira do Vinil e Criatividades

Data: Sábado (13), entre 14h e 21h

Local: Frvin (leia-se Fervin) – Rua Cândido Mariano, 1371, Centro Norte, Cuiabá

Entrada gratuita ou solidária – se puder, doe um livro ou 1kg de alimento não perecível

Mais informações: @feiradovinilmt pelo Instagram ou (65) 9 9962-6760


quarta-feira, 6 de março de 2024

Dia das Mulheres terá lambadão, samba e serviços gratuitos na Praça da Lixeira em Cuiabá MT

 

Foto Luiz Marchetti / Assembleia Social

LAMBASAMBA

Dia das Mulheres terá lambadão, samba e serviços gratuitos

Celebração da data será na Praça da Lixeira, em Cuiabá; evento é promovido pela Assembleia Social

Para celebrar o Dia Internacional das Mulheres, em 8 de março, a Assembleia Social (Superintendência de Integração, Cidadania e Cultura da Assembleia Legislativa de Mato Grosso) fará a terceira edição do LambaSamba Social, que valoriza dois importantes gêneros musicais: o tão brasileiro samba e o cuiabaníssimo lambadão. Será nesta sexta-feira (08), a partir das 18h, na Praça Jaime de Figueiredo, no bairro Lixeira, em Cuiabá. A entrada é gratuita.

A proposta desta edição é mais que homenagear as mulheres, é também oferecer serviços gratuitos. Paralelamente aos shows, haverá atendimentos de valorização da autoestima feminina (tranças de cabelo, maquiagem e design de sobrancelhas); orientações sobre prevenção ao câncer de mama, por meio da parceria com a Associação MTMamma; e assessoria jurídica. Todas as ações são feitas pela equipe da Assembleia Social ou parceiros.

As apresentações musicais serão conduzidas pelo grupo tradicional Raízes do Samba (com participação especial de Camila Oliver), pela cantora Simone Oliveira e pela banda de lambadão Ferraz.

“O Dia da Mulher é uma data mundial para lembrar da luta feminina por igualdade e nos convidar para uma sociedade mais inclusiva, em que as mulheres tenham os mesmos direitos que os homens, sejam respeitadas, tenham inserção no mercado de trabalho e na política... E nós buscamos promover um evento que, ao mesmo tempo que seja festivo, atenda as mulheres em algumas de suas necessidades. A entrada é gratuita e esperamos vocês com muito samba no pé muito rebolado!”, convida a superintendente da Assembleia Social, Daniella Paula Oliveira.

A entrada é gratuita e, na praça, serão vendidos alimentos e bebidas de comerciantes locais. É autorizado levar caixa térmica com as bebidas de sua preferência. Mais informações: (65) 3313-6994.

Serviço

Lambasamba Social – Especial Dia das Mulheres

Roda de samba, banda de Lambadão e serviços gratuitos

Data: Sexta-feira (08), a partir das 18h

Local: Praça Jaime de Figueiredo, bairro Lixeira, Cuiabá

Entrada gratuita

Observação: É liberado entrar com bebidas

Mais informações: (65) 3313-6994



sexta-feira, 16 de fevereiro de 2024

In-Próprio Coletivo estreia novo espetáculo em sessões neste sábado e domingo com entrada gratuita RETIRE SEUS INGRESSOS

foto divulgação

RETIRE SEUS INGRESSOS

In-Próprio Coletivo estreia novo espetáculo em sessões neste sábado e domingo com entrada gratuita

‘VERNIZ Náutico para Tufos de Cabelo’ é encenado no Teatro Zulmira Canavaros; ingressos estão disponíveis

A in-Próprio Coletivo apresenta, no próximo sábado (17) e domingo (18), sempre às 19h, o espetáculo VERNIZ Náutico para Tufos de Cabelo, no Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros. Os ingressos são gratuitos e estão disponíveis na plataforma 1º Piso, neste link: https://www.aprimeiropiso.com/event-details/espetaculo-verniz-nautico-para-tufos-de-cabelo -in-proprio-coletivo.

O coletivo traz ao público uma pesquisa que vêm desenvolvendo nos últimos anos, durante um intercâmbio artístico que proporcionou intenso vai-e-vem entre a baixada cuiabana e as terras mineiras. A montagem conta com recursos do Edital Viver Cultura, da Secretaria de Estado da Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso (Secel/MT) e tem apoio da Assembleia Social, do Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros, do Spectrolab e da 1º Piso.

No enredo, duas mulheres preparam uma festa de aniversário para uma terceira, que se encontra inerte. Na medida que a ação evolui, apresenta-se uma trama nonsense de frases feitas, de acúmulo inútil de objetos, de terríveis relações coisificadas.

Com uma ficha técnica formada por artistas renomados de Cuiabá, além da diretora e atriz Dani Leite e da iluminadora e atriz Karina Figueredo, estão a atriz Débora Vecchi, a parceria cenotécnica de Douglas Peron, do coletivo Spectrolab, o músico e arranjador Jhon Stuart, o dramaturgista e sonoplasta Gus Lima, além da designer de moda Bianca Poppi. A comunicação e identidade visual é de Alexandre Cervi e a produção, de Yasmin Moreira.

Segundo Gus Lima, “a discussão inicial pautou-se na atual crise dos sistemas produtivos. [...] Assim, optamos pelo lado sombrio e incerto que passou a regular as relações trabalhistas após a recente reforma, implementada em 2017”. Karina Figueredo complementa: “Afinal, toda pessoa artista independente é uma trabalhadora precarizada no Brasil. Apostamos numa abordagem ligada ao teatro do absurdo e ‘VERNIZ’ convoca a atenção da plateia ao expor questões como o consumismo desenfreado”.

Dani Leite, por sua vez, afirma que a encenação colocou uma lupa no esvaziamento dos vínculos humanos e na opressão enquanto sintoma de um projeto político que privilegia uma vida ensimesmada e autofágica.

O texto, publicado em 2016 foi premiado pelo Aplauso Brasil de Teatro daquele ano e é de autoria do dramaturgo Victor Nóvoa, cuja intensa produção artístico-literária tem obtido uma coleção de indicações a prêmios como os aclamados Shell e APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte). O dramaturgo estará presente na estreia do espetáculo.

Recebem agradecimentos especiais também a Fazenda São Benedito, Eletrônica Radar, Carlos Magalhães, Léo Brucks, Matheus Leite, Amanda Leite, Luiz Gustavo Lima, Rozi Lima e Casa Cuiabana.

Mais informações: pelo perfil @in.propriocoletivo no Instagram ou pelo telefone (65) 99952-3165 (Yasmin Moreira).

 

Ficha técnica

Direção – Dani Leite

Dramaturgia – Victor Nóvoa

Atuação – Karina Figueredo, Debora Vecchi e Dani Leite

Iluminação – Karina Figueredo

Trilha sonora original – Jhon Stuart

Maquinaria sonora e sonoplastia - Jhon Stuart e Gus Lima

Figurino – Bianca Poppi

Cenografia – Douglas Peron

Dramaturgismo – Gus Lima e Dani Leite

Operação de iluminação: Everton Brito

Comunicação e Identidade visual – Alexandre Cervi

Coordenação técnico-artística e produção executiva - Karina Figueredo

Produção – Yasmin Moreira

 

Serviço:

Espetáculo VERNIZ Náutico para Tufos de Cabelo

Datas: Sábado (17) e domingo (18), às 19h

Local: Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros

Ingressos gratuitos – retirar antecipadamente no link https://www.aprimeiropiso.com/event-details/espetaculo-verniz-nautico-para-tufos-de-cabelo -in-proprio-coletivo

Informações: @in.propriocoletivo no Instagram ou pelo telefone (65) 99952-3165 (Yasmin Moreira)


Contatos para entrevistas:

Dani Leite: (65) 98105-2449

Karina Figueredo: (65) 98112-0169


sexta-feira, 2 de fevereiro de 2024

CARNAVAL VEM QUEM QUER Blocos independentes do Centro Histórico de Cuiabá convidam para cordão carnavalesco com participação gratuita, confira a programação...


CARNAVAL VEM QUEM QUER

Blocos independentes do Centro Histórico convidam para cordão carnavalesco com participação gratuita

Cortejo será no sábado e na segunda de carnaval e agenda prevê oficinas, festas e ensaios

 

O carnaval está chegando e os blocos independentes de Cuiabá e coletivos já têm programação aberta ao público geral e convidam a todos para ocuparem e valorizarem o Centro Histórico, com muita folia. É o Cordão Carnavalesco Vem Quem Quer, com participação gratuita. Seguindo o trajeto já tradicional, os cortejos serão no sábado (10) e segunda-feira (12), com concentração na Praça Santos Dumont rumo à Praça da Mandioca, a partir das 15h.

 

O Cordão Vem Quem Quer se propõe a unificar blocos carnavalescos e coletivos artísticos e sociais, com o objetivo de promover o Centro Histórico de Cuiabá. “O que falta no centro? Movimentar com arte, ocupar os espaços... tem tanta praça, tanta história legal em cada lugar. Então, é trazer a movimentação que já era feita pelos blocos e voltar um olhar pra essa memória”, contextualiza o repórter fotográfico e gestor do Associação Cultural A Casa do Centro, José Medeiros.

 

A programação é aberta a todas as idades. Não há abadás e cada folião pode se expressar como quiser. Entre os grupos, há blocos tradicionais, como o Imprensando Bebum, dos jornalistas de Mato Grosso, e o Vem Oyá Jejé, em homenagem à figura cuiabana Jejé de Oyá; e novos blocos como o Devotos da Mandioca e o Arteiros da Folia.

 

O cortejo e a união dos blocos já são tradicionais, mas o convite sem abadá e sem, necessariamente, um bloco representativo – um cordão carnavalesco – foi uma iniciativa do Coletivo de Teatro Cena Livre, em 2023. “O Cordão nasce da necessidade de chamar atenção dos agentes públicos para uma revitalização e valorização do Centro Histórico. Procuramos enfatizar alguns pontos como o Largo da Boa Morte, casarões em ruínas, Praça da Mandioca e Praça Alencastro. [...] Um cordão que reúne pessoas dos mais variados estilos e gostos para festejar o carnaval de forma livre, democrática e acima de tudo, respeitando toda diversidade de credo, orientação sexual, gênero e cor”, reforça Leosan Sampaio, do Cena Livre.

 

O trajeto do cortejo, tanto no sábado (10), quanto na segunda-feira (12) será: concentração na Praça Santos Dumont, saída pela Rua Cândido Mariano (Rua das Óticas), parada no Largo da Igreja da Boa Morte, parada na Praça Alencastro, seguindo pela Rua Pedro Celestino, com chegada à Praça da Mandioca. No sábado, a saída prevista é às 17h e, na segunda, às 18h30.

 

O evento ainda contará com festa de lançamento (Berro do Vem Quem Quer), oficinas de adereços e de estandartes, oficina de Xequerê, sarau e ensaio geral, tudo gratuito, no espaço cultural parceiro Estação 737, localizado no fim da região da Praça da Mandioca (programação completa abaixo). Na Estação 737, gerida pela A Casa do Centro, também haverá festas em cada dia ao fim dos cortejos, com entrada de R$ 10 para participantes do Cordão e R$ 20 para público geral.

 

Participam do Carnaval Vem Quem Quer os blocos e grupos Imprensando Bebum, Vem Oyá Jejé, Divinas Divas, Cena Livre, Arteiros da Folia, Circo Escola Leite de Pedras, Seriemas de Mato Grosso, Seu Cujuntinho, Maracatu Buriti Nagô, Anjos da Lata, Grupo de Xequerê, Devotos da Mandioca e Zé Navalha. Outros blocos e grupos estão sendo convidados. É importante ressaltar que todos podem participar, independentemente de compor coletivos.

 

São apoiadores do Carnaval Vem Quem Quer: A Casa do Centro, a Prefeitura de Cuiabá, por meio das secretarias de Mobilidade Urbana, de Turismo e de Cultura, a Assembleia Social e a Secretaria de Estado de Cultura de Mato Grosso (Secel/MT).

 

Mais informações, pelo perfil do Instagram @carnavalvemquemquer ou pelo whatsapp (65) 99962-0352.

 

Programação do Carnaval Vem Quem Quer

União dos Blocos Independentes do Centro Histórico

 

Sábado (03), a partir das 17h

Berro do Vem Quem Quer

Atrações: O Boi, Caretas de Guiratinga, discotecagem com Elã, DJ Spinha e DJ Draw

Local: Estação 737 (Rua Governador Rondon, 737, Praça da Mandioca, Centro Histórico de Cuiabá)

Entrada gratuita

Realização: A Casa do Centro @acasadocentromt

 

Segunda-feira (05), às 19h

Oficina de Xequerê

Local: Estação 737 (Rua Governador Rondon, 737, Praça da Mandioca, Centro Histórico de Cuiabá)

Participação gratuita

Realização: Josi Crispim

 

Terça-feira (06), às 19h

Oficina de produção de adereços carnavalescos e estandartes

Local: Estação 737 (Rua Governador Rondon, 737, Praça da Mandioca, Centro Histórico de Cuiabá)

Observação: Levar materiais, como tecidos, tintas, fitas de cetim, lantejoulas, purpurina, cartolinas, canetões, etc.

Participação gratuita

Realização: Blocos independentes do Centro Histórico de Cuiabá

 

Quarta-feira (07), às 19h

Ensaio dos batuqueiros

Local: Estação 737 (Rua Governador Rondon, 737, Praça da Mandioca, Centro Histórico de Cuiabá)

Participação gratuita

Realização: Bloco Devotos da Mandioca

 

Quinta-feira (08), às 19h

Oficina de produção de adereços carnavalescos e estandartes

Local: Estação 737 (Rua Governador Rondon, 737, Praça da Mandioca, Centro Histórico de Cuiabá)

Observação: Levar materiais, como tecidos, tintas, fitas de cetim, lantejoulas, purpurina, cartolinas, canetões, etc.

Participação gratuita

Realização: Blocos independentes do Centro Histórico de Cuiabá

 

Sábado (10)

Cortejo do Carnaval Vem Quem Quer

Concentração: Praça Santos Dumont, a partir das 15h

Saída às 17h, rumo à Praça da Mandioca

Participação gratuita

Realização: Blocos independentes do Centro Histórico de Cuiabá

Apoio: A Casa do Centro, Prefeitura de Cuiabá, Assembleia Social e Secel/MT

 

Festa na Estação 737, a partir das 18h

Entrada: R$ 10 para participantes do Cordão e R$ 20 para público geral

Local: Estação 737 (Rua Governador Rondon, 737, Praça da Mandioca, Centro Histórico de Cuiabá)

Realização: A Casa do Centro @acasadocentromt

 

Domingo (11), a partir das 18h

Sarau do Axé

Local: Tenda de Umbanda Vó Joaquina de Angola (Rua 12 de Outubro, 242, Cuiabá)

Terá brechó, tarô, artesanato, gastronomia, apresentações culturais e muito mais

Entrada gratuita

Realização: Tenda de Umbanda Vó Joaquina de Angola @tuvjamt

 

Segunda-feira (12)

Cortejo do Carnaval Vem Quem Quer

Concentração: Praça Santos Dumont, a partir das 16h

Saída às 18h30, rumo à Praça da Mandioca

Participação gratuita

Realização: Blocos independentes do Centro Histórico de Cuiabá

Apoio: A Casa do Centro, Prefeitura de Cuiabá, Assembleia Social e Secel/MT

 

Festa na Estação 737, a partir das 19h30

Entrada: R$ 10 para participantes do Cordão e R$ 20 para público geral

Local: Estação 737 (Rua Governador Rondon, 737, Praça da Mandioca, Centro Histórico de Cuiabá)

Realização: A Casa do Centro @acasadocentromt

 

Contatos para entrevista:

José Medeiros: (65) 99621-7669

Leosan Sampaio: (65) 98140-0911

 

Priscila Mendes

Equipe de organização e assessoria de imprensa

Cordão Carnavalesco Vem Quem Quer

(65) 99962-0352