segunda-feira, 30 de abril de 2012

PALCO GIRATÓRIO - INTERCÂMBIO E DIFUSÃO DAS ARTES CÊNICAS


Palco Giratório de volta a Cuiabá


A iniciativa percorre estados brasileiros com 
espetáculos de teatro e dança e
oferece oportunidades para que o público possa assistir a montagens de grupos de todas as regiões do Brasil
Mais uma vez o SESC Arsenal abrirá as portas para receber vários grupos teatrais mostrando o melhor da arte, interpretação e beleza cênica com a 15ª edição do Palco Giratório. É uma grande efervescência do teatro brasileiro. Um mês de êxtase dramatúrgico. A iniciativa percorre todos os estados brasileiros com espetáculos de teatro e dança e oferece oportunidades para que o público possa assistir a montagens de grupos de todas as regiões do Brasil. O ingresso para assistir cada espetáculo é um litro de leite longa vida e deve ser retirado 1 hora antes do início das apresentações.


15 anos de espetáculos
Nas quinze edições, o projeto conta com mais de 170 grupos teatrais, realizando aproximadamente cinco mil apresentações. Nesta edição o projeto Palco Giratório conta com 23 espetáculos itinerantes, que percorrem 9 capitais brasileiras durante 30 dias. Mato Grosso será palco para 16 espetáculos do projeto e contará ainda com a participação de espetáculos locais, totalizando mais de 23 apresentações. Esta será a segunda vez que o Mato Grosso participará do circuito. A primeira vez foi no ano de 2003, com o Teatro Fúria, e em 2012 será a vez da Cia.. Mosaico de Teatro que percorrerá o Brasil com o espetáculo Anjo Negro.

O Palco Giratório vai além das apresentações. Mais do que circular as diferentes produções em todo o país, o intercâmbio dos grupos, que percorrem estados diferentes da sua costumeira área de atuação, proporciona uma experiência rica e construtiva para os artistas. Além da troca de informações e metodologias de trabalho, o Palco Giratório promove também a interação dos artistas com o público, por meio de conversas, oficinas e debates que ampliam o conhecimento sobre o processo de criação no universo das artes cênicas.

Na edição 2012, o Palco vai percorrer 122 cidades com 23 espetáculos, totalizando 701 apresentações até o final do ano. Em Cuiabá o Festival Palco Giratório terá início no dia 02 de maio com o Cortejo Cênico e a partir do dia 03 de maio será o início da programação com espetáculos diários.

Em Cuiabá

Quem inicia as apresentações no SESC Arsenal é a Trupe Ensaia Aqui e Acolá, de Pernambuco, com o espetáculo “O amor de Clotilde por um certo Leandro Dantas”. A peça é inspirada no folhetim de Carneiro Vilela, A Emparedada da Rua Nova, que dá conta da história de uma moça que teria sido segundo diz a lenda, emparedada viva pelo próprio pai depois que este descobrira sua gravidez escondida, na Recife do final do século XIX. Na versão teatral da Trupe Ensaia Aqui e Acolá os elementos que renderiam um melodrama de circo ganham delicioso contorno paródico, através do contraste entre um gênero sério e seu tratamento em chave cômica. Referências à cultura pop dão o sabor desta comédia que resgata o conto do imaginário popular para fazê-lo reviver de maneira crítica e bem humorada.

E o show não para. Todo o mês de maio haverá apresentações que podem ser conferidas na programação abaixo.

02/05 - 16h - Praça da República
CORTEJO CÊNICO
************************************************************

03/05 - 20h - Teatro do SESC Arsenal 
O AMOR DE CLOTILDE POR UM CERTO LEANDRO DANTAS
Trupe Ensaia Aqui e Acolá (PE)
Gênero: Comédia
Classificação etária: 12 anos
Duração: 1h30

A peça é inspirada no folhetim de Carneiro Vilela, A emparedada da Rua Nova, que dá conta da história de uma moça que teria sido segundo diz a lenda, emparedada viva pelo próprio pai depois que este descobrira sua gravidez escondida, na Recife do final do século XIX. Na versão teatral da Trupe Ensaia Aqui e Acolá os elementos que renderiam um melodrama de circo ganham delicioso contorno paródico, através do contraste entre um gênero sério e seu tratamento em chave cômica. Referências à cultura pop dão o sabor desta comédia que resgata o conto do imaginário popular para fazê-lo reviver de maneira crítica e bem humorada. 
************************************************************


Classificação etária: livre
Duração: 60 minutos



Um cachorro manipulado arfa e sentencia: “A vida é boa!” No instante seguinte cai morto e, com ele, os atores Rodrigo Ferrarini, Renata Hardy, Pablito Kucarz e Andrea Obrecht igualmente desfalecem. Tal qual Brás Cubas, é pelo fim que começa[…]Roteiro Escrito com a Pena da Galhofa e a Tinta do Inconformismo, peça da Pausa Companhia, feita a partir de contos e outros escritos de Machado de Assis.
O roteiro final, assinado por Fernando Kinas, costura intervenções dos atores a contos como “Pai contra Mãe”, no qual um pai decide capturar uma escrava fugitiva grávida para sustentar o filho com a recompensa; e “Ideias de um Canário”, sobre uma ave que define o mundo a partir do pouco que vê.
                           ************************************************************


05/05 - 20h - Teatro - SESC Arsenal
DIA DESMANCHADO
Teatro Torto (RS)
Gênero: Teatro Gestual
Classificação etária: Livre
Duração: 50 minutos


Inspirada na obra O ensaio, do dramaturgo norte-americano Benjamin Bradford, Dia desmanchado conta a historia de um exterminador de insetos que vive em sua casa mergulhado na banalidade do seu cotidiano, até ser surpreendido pela chegada de uma carta, na qual uma mulher lhe propõe um encontro. A carta o deixa em estado de alerta, obrigando-o a ensaiar a esperada ocasião, na tentativa de que nada fuja do seu controle. Nessa realidade de espera e angústia, o ensaio para o encontro é uma corrida contra um dia que avança sem piedade e o homem se vê magicamente envolvido por outros aspectos do tempo. Assim, o dia do homem se desmancha em tempos incompreensíveis e contraditórios, onde se misturam passado, presente e futuro.
                           ************************************************************

06/05 - 08h às 12h / 14h às 18h - SESC Arsenal 
OFICINA O ATOR CRIADOR, COM MARCELO BULGARELLI (TEATRO TORTO - RS)

Exercícios corpóreos; o uso da energia; a presença; os princípios básicos da ação física dentro do sistema meyerholdiano; o reconhecimento de aspectos potenciais para desenvolvimento de um treinamento pessoal. 
Público alvo: atores, bailarinos, estudantes de artes cênicas e interessados em geral.
Número de participantes: 20 pessoas
Idade: a partir de 15 anos
                       ************************************************************

06/05 - 20h - Salão Social - SESC Arsenal
CABARÉ
Teatro Faces (MT)
Gênero: Drama
Classificação Etária: 16 anos
Duração: 90 minutos



Cabaré traz a história da jovem Maria que resolve fazer parte do maior Cabaré das regiões dos Garimpos do Leste Mato-Grossense de 1935, passa a se chamar Caboclinha e se recusa a deitar com os garimpeiros, prometendo sua castidade apenas àquele que lhe trouxer um lendário diamante gigante. Aos outros permite apenas que toquem em seus seios. Mas Caboclinha se apaixona por Antônio e essa história passa a se complicar quando se descobre que Caboclinha tem um plano para estar ali.
O dia-a-dia de uma época onde o dinheiro brotava das grupiaras e dos monchões, onde o luxo desfilava nas animadas noites dos Cabarés. Onde os mais abastados e as “senhoras-damas” se vestiam com a moda da França e com o brilho dos diamantes.
                               ************************************************************
08/05 - 20h - Teatro - SESC Arsenal 
PAI & FILHO
Pequena Companhia de Teatro (MA)
Gênero: Drama
Classificação etária: 14 anos
Duração: 60 minutos



O espetáculo é uma adaptação da obra Carta ao pai, de Franz Kafka e utiliza uma linguagem crua e visceral para discutir as relações de poder, originadas na estrutura familiar e disseminadas na constituição sociocultural contemporânea. Na peça, um homem aprisionado e oprimido pelo poder do pai procura enfrentá-lo, mas seu discurso não consegue quebrar a hierarquia familiar, impedindo que um diálogo aberto se estabeleça. A encenação cria um espaço para discutir o conflito de gerações e a relação de dependência utilizada no seio familiar como instrumento de poder.
                                ************************************************************

09/05 - 20h - Teatro - SESC Arsenal
INSTANTÂNEOS

Com Cia dos Bondrés (RJ)
Gênero: Teatro de Máscaras
Classificação etária: Livre
Duração: 65 minutos



Instantâneos é inspirado no Topeng – teatro e dança dos rituais de Bali, na Indonésia - e no teatro popular brasileiro. Mas avança para o futuro ao passar pelas evoluções do espaço cênico contemporâneo. Investiga em sua encenação o princípio artesanal desses dois universos, suas cores vibrantes e seus ritmos tradicionais. O espetáculo aborda o ser humano e suas relações por meio de situações cotidianas. No palco, cinco atores vivem diferentes mascaras, revelando de forma simples e lúdica a maneira como habitamos o mundo. Instrumentos asiáticos, brasileiros e africanos se integram, propondo uma pesquisa de ritmos populares.
                            ************************************************************

10 e 17/05 - 19h - Teatro - SESC Arsenal
ANDARILHOS NAS ESTRELAS
Grupo Tibanaré (MT)
Gênero: Intervenção Poética
Classificação etária: Livre

O Grupo Tibanaré apresenta a intervenção urbana estruturada em forma de cortejo cênico musical, "Andarilhos das Estrelas". Nela, o grupo de atores e plateia entrelaça uma relação brincante, para juntos desarmar a urbanidade com poesia, dança, contações de histórias e cantigas de roda. A ação cênica móvel proposta é voltada especialmente para espaços não-convencionais, de modo que possa surpreender o público em qualquer hora e qualquer lugar.
************************************************************

11/05 - 16h - Praça Alencastro
TEATRO LAMBE-LAMBE
Cia Mútua (SC)

O “Teatro Lambe-Lambe” é uma caixa cênica em miniatura, independente e itinerante, onde são encenados espetáculos de teatro de bonecos, de curta duração, geralmente assistidos por uma ou duas pessoas em cada sessão. O nome “lambe-lambe” faz alusão às antigas máquinas fotográficas que povoaram as praças brasileiras no início do século XX.

"Missiva"
As mensagens em garrafas estão pelo mundo, jogadas ao sabor das ondas. Que fim elas levam…vão ao fundo ou encalham? São profundas ou ‘algo que as valham’?
Espetáculo inspirado nessas garrafas sem destino, que navegam pelos mares à procura de alguém que as decifre. A história é encenada dentro de uma garrafa e o público é convidado a espiar pelo gargalo. Toda a estética foi concebida a partir das cartas, bilhetes e recados recebidos pela autora.
Duração: 2 minutos
Indicação: 10 anos

"Miragem"
Inspirada livremente no texto “La Sed”, de Rafael Curci, Miragem é uma reflexão sobre as diversas ‘sedes’ que o ser humano sente nos desertos da vida.
“É a alma hoje que está tão deserta. Morre-se de sede.” Saint-Exupéry
E você, tem sede de quê?
Duração: 2 minutos
Indicação: 12 anos.

"El Viaje"
As viagens são um meio para quem procura a transformação. Mas paradoxalmente, essa transformação potencia nossa essência, aquilo que verdadeiramente somos. E é sempre o amor (à vida, à outra pessoa, a si próprio) que nos motiva. Espetáculo lambe-lambe inspirado livremente na canção infantil “Manuelita, la tortuga”, da autora argentina Maria Elena Walsh.
Duração: 4 minutos
Faixa: 10 anos
************************************************************ 

12/05 - 08h às 12h / 14h às 18h - SESC Arsenal
OFICINA DE SENSIBILIZAÇÃO PARA AS FORMAS ANIMADAS, COM GUILHERME PEIXOTO (CIA MÚTUA – SC)

Sensibilizar os participantes para a animação de formas comuns como utensílios domésticos, sacolas de supermercado e papel jornal, fazendo-os vislumbrar um mundo de objetos – reciclados ou não – que podem ganhar vida através do movimento. A oficina está voltada para atores que querem iniciar na manipulação de bonecos, bem como para profissionais da área da educação que desejam ampliar suas metodologias pedagógicas. Serão trabalhados conceitos básicos da manipulação de bonecos como monstruosidade, foco, eixo e triangulação, segundo a visão da Cia Mútua teatro & animação
Público alvo: atores, professores, arte-educadores, contadores de história e comunidade em geral.
Número de participantes: 20 pessoas
Idade: a partir de 15 anos
                              ************************************************************ 

12/05 - 20h - Teatro - SESC Arsenal
PAS-DE-DEUX - Cia Porrada de Teatro (MT)
Gênero: Drama
Classificação etária: 14 anos
Duração: 60 minutos

Formando um par com seu parceiro, torna-se possível à bailarina saltar mais alto e realizar movimentos que jamais seriam possíveis caso fossem tentados solitariamente. O título sugere de imediato, portanto, uma relação marcada pela dependência e que, na peça, é ainda mais desbravada. Pavlovsky, a partir de dois personagens anônimos (ele e ela), fala ao universal: o que vemos é um caso de violência na relação homem/mulher, na relação torturador/torturada.

                             ************************************************************ 



13/05 - 16h e 19h - Salão Social - SESC Arsenal
UM PRÍNCIPE CHAMADO EXUPÉRY - Cia Mútua (SC)
Gênero: Teatro de Animação
Classificação etária: 8 anos
Duração: 50 minutos

Exupéry é um jovem e destemido aviador. Ele e seus amigos, que juntos formam “os cavaleiros do céu”, enfrentam o mar, o céu e o ar, a noite, o deserto, as montanhas e as tempestades para cumprir seu ofício: transportar o correio aéreo. Essa vida de perigo, mistério e aventura inspira Exupéry a começar a escrever sua obra. Um príncipe chamado Exupéry e um teatro de animação sobre a vida do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, no período de 1926 e 1944, quando Exupéry trabalhava para a Companhia de Correio Aéreo Aeropostale, antes de ter-se tornado conhecido mundialmente por seu romance O pequeno príncipe. Em uma época em que os aviões eram quase de papel, o piloto entregava cartas em escalas de voos diários, que se estendiam pela Europa, África e America do Sul. Uma de suas escalas era na praia do Campeche, em Florianópolis, local onde ele ficou eternizado como “Zeperri”.
************************************************************  


15/05 - 20h - Teatro - SESC Arsenal
CRU - Cia Plágio de Teatro (DF)
Gênero: Drama
Classificação etária: 16 anos
Duração: 50 minutos



Em um açougue de beira de estrada numa cidade do interior do Brasil, vivem o jagunço Cunha e sua amiga de infância, o travesti Frutinha – que é dono do açougue. Um forasteiro de nome Zé, vindo de Brasília, chega ao local à procura de Cunha. Frutinha tenta desvendar o verdadeiro motivo da chegada de Zé, mas não consegue arrancar o segredo bem guardado. Zé e Cunha se encontram e acertam os detalhes de um serviço a ser contratado, enquanto são observados permanentemente por Frutinha. Durante a conversa, lembranças e antigas dividas vem à tona, para desaguar em um final que surpreende pela e surpresa que provoca.

                             ************************************************************



16/05 - 20h - Teatro - SESC Arsenal
OXIGÊNIO

Companhia Brasileira de Teatro (PR)
Gênero: Drama
Classificação etária: 12 anos
Duração: 1h20

A peça trata de assuntos contemporâneos, como violência, terrorismo, racionalidade e consumismo. Na trama, um homem é acusado pelo assassinato da própria mulher, juntamente com sua amante. Começa assim uma discussão polêmica e poética sobre os dramas de uma geração e o que é o “oxigênio” de cada um de nós. Com Oxigênio, a Companhia Brasileira de Teatro apresenta ao país o dramaturgo, diretor e ator russo Ivan Viripaev, até então inédito no Brasil.
                            ************************************************************

18/05 - 17h -  Praça Alencastro 
ESTE LADO PARA CIMA – ISTO NÃO É UM ESPETÁCULO
Brava Companhia (SP)
Gênero:Teatro Épico
Classificação etária: 16 anos
Duração: 1h20



Este lado para cima: isto não é um espetáculo, é a montagem mais recente da Brava Companhia, resultado de uma pesquisa sobre o questionamento do “mundo de imagens e de aparências”, no qual a sociedade se encontra. A temática é encenada na rua ou em espaços alternativos, com muita agilidade e de forma épica, abusando do humor e da ironia para desfilar uma serie de questionamentos, provocações e críticas ao capitalismo e suas praticas predatórias de exploração do trabalho, criando uma divertida metáfora da vida contemporânea com suas contradições e absurdos. 
 ************************************************************

19/05 - 17h - Teatro - SESC Arsenal
MENININHA

JLM Produções Artísticas (RJ)


Gênero: Musical Infantil
Classificação etária: Livre
Duração: 50 minutos



Menininha é um espetáculo criado em torno das canções para infância de Vinícius de Moraes, Toquinho e Chico Buarque, onde uma menina e sua boneca vivem um ciclo de vida, construindo uma fábula sobre o crescimento da “menininha”até ela se tornar mãe. Assim, o espetáculo se torna uma peça lúdica em que a imaginação do público completa os sentidos presentes, sendo interpretados de diversos modos.
 ************************************************************ 


20/05 - 17h - Teatro - SESC Arsenal
ESCAPADA

Cia Mário Nascimento (BH)
Gênero: Dança
Classificação etária: Livre
Duração: 60 minutos




Escapada é a fuga do homem das grandes metrópoles, das massas humanas. É o homem psicológica e fisicamente sufocado, sem saída, em busca de outro lugar, fugindo de si mesmo e de seus fantasmas, da opressão tecnológica do mundo moderno, da falta de tempo. Durante as cenas, a Cia. leva dança, música e teatro, além de momentos de pura improvisação. Escapada leva o publico a refletir sobre sua própria historia e experiência. 
                          ************************************************************
22/05 - 19h - Salão Social - SESC Arsenal
PENSAMENTO GIRATÓRIO: IMPRESSÃO, IMPROVISAÇÃO E COMPOSIÇÃO, PERCURSOS E RECURSOS NO PROCESSO CRIATIVO

Com Cia Druw

Temática para reflexão e discussão para artistas e educadores: "Toda obra de arte deve nascer de uma necessidade interior" (Kandinsk). O mote são os caminhos percorridos da inspiração à composição nos processos criativos da Cia. Druw, impressão, improvisação e composição. 
                           ************************************************************

 23/05 - 20h - Teatro - SESC Arsenal
VILA TARSILA

Com Cia Druw (SP)
Gênero: Dança
Classificação etária: 5 anos
Duração: 60 minutos


Com um roteiro que valoriza o lúdico, Vila Tarsila joga luzes nas memórias de infância de Tarsila do Amaral. Miriam Druwe e Cristiane Paoli Quito transportam o espectador ao mundo antropofágico da artista, demonstrando que sua obra nasceu de experiências visuais nas inúmeras viagens realizadas e das brincadeiras das tardes na fazenda onde a pintora vivia em Capivari, interior de São Paulo, quando podia correr livremente entre árvores e brincar com bonecas feitas de mato, em contraponto com a educação francesa que recebeu de seus pais.
                          ************************************************************

24/05 - 20h - Teatro - SESC Arsenal
CAMINHOS

Com Laso Cia de Dança (RJ)
Gênero: Dança Contemporânea
Classificação etária: Livre
Duração: 55 minutos


A peça revela os caminhos que o homem trilha durante sua vida, usando como principal objeto de cena mesas de madeira. As cenas são construídas e desconstruída em uma coreografia na qual o cenário móvel participa como parte fundamental do contexto. A escolha da mesa como objeto simbólico desse espetáculo deve-se a sua presença marcante na vida humana: nela aprendemos nossas primeiras lições, nos relacionamos em nosso trabalho, em nossa casa, nos almoços em família ou nas praças e bares com os amigos. A mesa e um objeto social, um apoio e uma grande ferramenta de estudos do comportamento.
                            ************************************************************

25/05 - 20h - Teatro - SESC Arsenal
CABEÇÃO DE NEGO
Com Laso Cia de Dança (RJ)
Gênero: Dança Contemporânea
Classificação etária: Livre
Duração: 60 minutos


O espetáculo traz ao palco uma reflexão provocativa sobre as mudanças tecnológicas e sociais causadas pela nova Era Digital. O titulo Cabeção de Nego refere-se a essa explosão, à grande explosão tecnológica causadora de profundas, inquietantes e inesperadas alterações sociais. De que forma o homem vivencia o novo universo digital? O espetáculo provoca questões sobre a riqueza de possibilidades do repertório corporal de nossa dança e do mundo de aparências, que parece se anunciar como medida prioritária para os jovens.
                           ************************************************************


26/05 - 20h - Salão Social - SESC Arsenal
PÓLVORA E POESIA
Hiperativa Comunicação e Cultura (BA)
Gênero: Drama
Classificação etária: 18 anos
Duração: 60 minutos




Pólvora e poesia é um espetáculo que vai alem da historia amorosa e estética de encontros e desencontros entre Arthur Rimbaud e Paul Verlaine, dois grandes escritores do final do século XIX. Rimbaud, um poeta rebelde, de ideologias que fervilham originalidade e personalidade, esfacela a todo instante o discurso socialmente arranjado de Verlaine. Com um texto impactante, a carga poética da peca fica por conta da violência emocional com que o lirismo salta dos discursos travados para tomar forma em movimentos corporais pontuados pelos riffs de guitarra. O espetáculo convida a plateia a uma imersão no que há de mais humano: o encontro conflituoso com o próprio eu.
                             ************************************************************
27/05 - 20h - Teatro - SESC Arsenal
ROMEU E JULIETA
Cia Teatro Mosaico (MT)
Gênero: Teatro de Animação
Classificação etária: Livre


Filhos de duas famílias rivais da cidade de Verona, Romeu é um Montecchio e Julieta uma Capuleto, mas nem mesmo a ferrenha rivalidade de suas famílias é capaz de impedir o destino de suas vidas. Ao se conhecerem furtivamente em um baile de máscaras, se apaixonam perdidamente um pelo outro. Casam-se secretamente sem o consentimento de seus pais, mas uma fatalidade os separa, Romeu é exilado e tem que deixar sua amada esposa. Para poder reaver seu amor, Julieta tem que passar por um sacrifício semelhante a morte, porém o plano de fuga dos dois não tem êxito e para poderem ficar juntos para sempre legitimam suas juras de amor com a própria vida. 
                           ************************************************************


29/05 - 20h - Salão Social - SESC Arsenal
ANJO NEGRO

Cia Teatro Mosaico (MT)
Gênero: Tragédia
Classificação etária: 14 anos
Duração: 1h40

Virgínia é uma mulher de pele branca que é obrigada a se casar com Ismael, um homem rico e poderoso de pele negra, depois de ter sido violentada por ele. A trama é conduzida pelo embate travado entre Virgínia e Ismael, pois ela sempre está grávida contra a sua vontade e assassina cada filho negro que nasce de seu ventre. Mas Virginia apaixona-se por Elias, um homem branco que lhe dá forças para viver seu amor.
                            ************************************************************

30/05 - 20h - Teatro - SESC Arsenal
MUITO BARULHO POR NADA
Cia Teatro Mosaico (MT)
Gênero: Comédia Musical
Classificação etária: Livre
Duração: 1h40

Muito barulho Por Nada é uma história que se passa em Messina na Itália,mas que é transportada para uma praça em qualquer  lugar do Brasil. Leonato, o governador da cidade, é um grande anfitrião que está em companhia de Hero e Beatriz, ambas filha e sobrinha, quando recebe em sua casa a visita de um grupo de jovens cavalheiros que retornam vitoriosos de uma guerra e são  pretendentes às duas damas, a fim de compartilhar seus dotes.
Hero a filha primogênita de Leonato, está prestes a ser desposada no altar ,  quando surge um segundo interessado na fortuna a ser herdada com o matrimônio. D. João e seu capacho Borracho – que personificam as falhas humanas como inveja, ciúme, egoísmo e avareza – os dois unem-se num plano para impedir o casamento da filha mais nobre de Messina.
O casamento por dote e a autonomia feminina é o que movimentar esta trama, através dos jogos de máscaras de vários personagens que estão o tempo todo envolvidos em galanteios, paixões, disputas, sedução e intrigas, fazendo, assim, Muito Barulho por Nada como qualquer ser humano. 
                          ************************************************************

31/05 - 20h - Jardim - SESC Arsenal
A BARCA

Grupo Grial de Dança (PE)
Gênero: Dança Contemporânea
Classificação etária: Livre

Duração: 1h30


O encontro entre os grupos Grial e Mestres de Cavalo-Marinho já vem se delineando no tempo, em busca de uma escritura corporal e cênica impar. Em A barca (Trilogia Uma história, duas ou três – Parte I), o grupo Grial chega a um espetáculo festivo, lúdico, poético, vigoroso e musical. Tudo na sua construção cênica permeia o universo do cavalo-marinho para construir contações de historias universais como Dom Quixote, Joana D’Arc, Medusa, Romeu e Julieta, Iara e outras. Aqui, a tradição entra em cena de forma pungente, contundente, inteira e criativa para questionar o lugar das tradições no Brasil de hoje.
                           ************************************************************


01/06 - 20h - Jardim - SESC Arsenal 
CAVALO MARINHO

Grupo Grial de Dança (PE) 

Classificação etária: Livre
Duração: 1h30min 

O Cavalo Marinho é um dos folguedos mais ricos da Zona da Mata Pernambucana. Uma brincadeira de Tradição onde uma miríade de personagens desfila ao som de instrumentos tocados ao vivo com muita poesia cantada, teatralizada, dançada e uma forte (e estranha) beleza de gestos e cores de uma ópera milenar popular e festiva. Hoje em dia, restam poucos representantes dessa brincadeira, mas os que ainda seguram esse estandarte, brincam com tamanha força poética e destreza, que são capazes de transformar idéias. O Grial foi tocado por essa gente e, há 15 anos, essa Tradição popular vem burilando o seu universo estético contemporâneo. Alguns dos grupos de tradição que realizam esta brincadeira estão aqui representados: O Cavalo Marinho “Estrela de Ouro”, o “Estrela Brilhante”, o “Estrela do Oriente” e o “Boi Brasileiro”. Juntam-se hoje, para nos fazer conhecer partes dessa brincadeira, conquistar públicos e alargar campos.
                         ************************************************************


Veja também o Catalogo on line: http://issuu.com/sescmatogrosso/docs/festivalpalcogiratorio2012/27




Fonte: SESC Mato Grosso

Um comentário:

  1. Caramba!! Que riqueza...Se der vou em todos...rs
    Obrigada Rosylene..

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, seu comentário e muito importante para o Fuzuê das Artes